17/05/2017 às 08:56:00

Campanha ‘Maio, mês das Mulheres Trabalhadoras’ é lançada em Nova Andradina

COGECOM
Divulgação
Uma iniciativa do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul em parceria com o Governo Municipal de Nova Andradina, através da Secretaria Executiva de Políticas Públicas para Mulher, realiza campanha “Maio, mês das Mulheres Trabalhadoras” em alusão ao Dia Internacional do Trabalho, comemorado no início do mês de maio. 

Esta campanha prevê ações de combate ao assédio moral e sexual contra as mulheres, chamando a atenção da sociedade para o respeito nos ambientes públicos e de trabalho, e a inserção das mulheres no mercado de trabalho.

Por tratar-se de algo que ainda não foi trabalhado pontualmente em Nova Andradina, a campanha será estendida durante o ano todo. No mês de maio será feita a conscientização através de panfletagens, encontros, blitz educativa, roda de conversa e distribuição de material informativo. 

Na blitz educativa acontecerá a abordagem de pedestres e veículos com entrega de material contendo informações sobre assédio, na Avenida Antônio Joaquim de Moura Andrade, no semáforo em frente ao museu. 

Também haverá palestras com as mulheres que recebem o programa Vale Renda, distribuição de material educativo contra assédio sexual e moral às mulheres que aguardam atendimento na Casa do Trabalhador e visita às empresas de Nova Andradina para orientação.
O objetivo principal é promover mobilizações educativas que ensinem mulheres e meninas sobre seus direitos. Além disso, a ação deve sensibilizar homens e toda a sociedade a discutir o tema e buscar a igualdade de gêneros, reduzindo os casos de assédio moral e sexual contra mulheres.

Para a secretária executiva, Jozeli Chulli, atualmente, ser uma mulher trabalhadora e mãe ainda é um desafio para a sociedade e para as próprias protagonistas. “A conciliação da vida familiar e laboral não está harmonizada na maioria dos países, e isso pede que sejam criadas várias estratégias pessoais com as quais podemos dar mais a aqueles que mais amamos. É um grande desafio, sem dúvida”, disse ela.

Jozeli também explanou que apesar de tantos anos já terem passado, as mulheres ainda precisam lutar pelos seus direitos. “Já se passaram muitos anos desde que a figura da mulher começou a “habitar” as esferas públicas desempenhando também funções que, até então, eram apenas masculinas. No entanto, ainda são muitas as batalhas que precisamos vencer em um cenário exageradamente complexo, onde em muitos países não existe nem uma equiparação salarial”, completou.

O trabalho contará com a parceria da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Dentram), Casa do Trabalhador, Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM) e Policia Militar (PM). 


Tags: Maio, Mês da mulher, Nova Andradina, Assédio, Violência contra a mulher,
COGECOM

Rede Sociais