09/11/2017 às 09:20:00

Casos de dengue já preocupam autoridades em saúde de Nova Andradina

Comitê de Combate à Dengue volta a se reunir para traça estratégias contra o mosquito Aedes aegypti

divulgação
divulgação

Com o objetivo de reunir esforços na luta contra aedes aegypti, agentes do Governo Municipal e Ministério Público Estadual que compõem o Comitê de Combate à Dengue, reuniram-se na manhã desta quarta-feira (8) no auditório da prefeitura de Nova Andradina para elencar estratégias e ações de monitoramento, mobilização e controle ao vetores para o ano de 2018.

A reunião do Comitê foi conduzida pelo secretário Municipal Noberto Fabri Junior, acompanhado do secretário de Serviços Públicos Roberto Ginel, do Promotor de Justiça Alexandre Rosa Luz, da coordenadora do setor da Atenção Básica de Saúde Simone Marega, da coordenadora do Controle de Vetores Joelma Correa, do diretor da Vigilância Sanitária Lúcio Roberto Tolentino, da subsecretária de Educação Elsa Satil e servidores públicos das secretarias e departamentos envolvidos.

As informações fornecidas pela enfermeira da Vigilância Epidemiológica Tatiana Maria Rovani, deram o tom do encontro, considerando os índices alarmantes verificados nas notificações do mês de outubro, em que a vigilância epidemiológica apontou 22 suspeitas de dengue. De janeiro a setembro deste ano haviam apenas 23 notificações de casos suspeitos de dengue e 1 caso confirmado de Chikungunya. Em 2016, em igual período, foram notificados aproximadamente 500 casos de dengue.

Para adotar as estratégias do Comitê, a Secretaria Municipal de Saúde, através da Vigilância Epidemiológica está atuando em conjunto com diversos setores no combate ao mosquito aedes aegypti. A parceria está firmada como Ministério Público, com o Núcleo Regional da Saúde, Conselho Municipal de Saúde, Secretaria de Infraestrutura, Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Educação e também a de Serviços Públicos. 

“Essas ações necessitam do envolvimento de todos, a integração dos setores é de suma importância para quem está neste enfrentamento que tem por maior desafio o convencimento de que a população deve participar”, disse o secretário Norberto. Já o promotor de Justiça Alexandre Rosa Luz, que desde sua chegada à Promotoria de Justiça de Nova Andradina articula e cobra políticas públicas no combate à dengue, falou da importância do poder público municipal dar exemplo à população no tocante à eficiência dos serviços públicos, especialmente na área da limpeza pública, com adoção de coleta seletiva, primando pela regularidade dos serviços, com atenção maior às ações realizadas nos bairros mais periféricos.

Mutirão da Dengue

A Secretaria Municipal de Saúde atua no momento com o contingente de 22 agentes do mutirão contra a dengue, sendo 17 colaboradores desenvolvendo ações de limpeza e conscientização em Nova Andradina e 5 em Nova Casa Verde.  “Apesar de realizarmos a limpeza dos terrenos e retirarmos entulhos das casas, quando voltamos ao local, um tempo depois, está tudo igual novamente. A população tem que lembrar que a obrigação é de todos, se cada um cuidar do seu quintal, da sua casa, vamos diminuir muito mais o número de mosquitos em Nova Andradina”, disse Joelma. 

O secretário Norberto Fabri Junior informou que nos próximos dias esse contingente será ampliado para o número de 40 agentes de limpeza.

COGECOM

Rede Sociais