10/10/2017 às 08:37:00

Em seu gabinete, Gilberto Garcia recebe deputado estadual Amarildo Cruz

Amarildo Cruz estava acompanhado do presidente da Câmara de Vereadores Mario Ferreira de Oliveira e em agenda em Nova Andradina, entregou três emendas parlamentares.

cogecom
cogecom

Na manhã desta segunda-feira (02), o prefeito Gilberto Garcia recebeu em seu gabinete a visita do deputado estadual Amarildo Cruz, acompanhado do presidente da Câmara de Vereadores Mario Ferreira de Oliveira, que em agenda em Nova Andradina visitou correligionários e entregou três emendas parlamentares.

Dentre outros assuntos, Amarildo Cruz levou ao prefeito sua preocupação com o novo rateio do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), no qual a Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) apresentou diminuição de aproximadamente 23% dos repasses aos cofres do município. O novo cálculo prevê uma perca na arrecadação na ordem de R$ 6,6 milhões no ICMS previstos para 2018.

O prefeito agradeceu o apoio e ressaltou a importância do deputado Amarildo Cruz na tentativa de reverter esta matéria, já que o mesmo integra o Conselho de Acompanhamento de Distribuição do ICMS. O presidente da Câmara Marião da Saúde, atento à gravidade às contas municipais, reforçou o apoio político à administração municipal, propondo uma iniciativa conjunta, Câmara e Prefeitura, na luta por uma distribuição mais justa no rateio.

O prefeito de Nova Andradina, descontente com o novo índice, já está na articulação pela reparação aos indicadores apresentados pela Sefaz. Para reverter a possível perca aos cofres municipais, Gilberto buscou apoio técnico de profissionais para apresentar nova contestação ao percentual. “Não houve retração econômica no município entre 2015 e 2016 que justifique tamanho tombo na participação municipal no PIB estadual”, apontou o prefeito.

Além de Nova Andradina, o novo rateio do ICMS deve impactar outros 40 municípios do Estado, que também irão receber menos recursos da cota de arrecadação a que tem direito em 2018, enquanto outros 38 terão mais dinheiro do tributo estadual para administrar. Depois de Alcinópolis e Douradina, Nova Andradina foi o município do Estado mais prejudicado.

COGECOM

Rede Sociais