09/08/2017 às 11:34:00

Nova Andradina lança 'Agosto Lilás' com amplo apoio da sociedade

Foto: Natalho Cuer
Foto: Natalho Cuer
Foto: Natalho Cuer
Foto: Natalho Cuer

Com amplo apoio da sociedade civil e de instituições públicas, a Secretaria Executiva de Políticas Públicas para a Mulher da Prefeitura de Nova Andradina lançou na noite desta terça-feira(8) a campanha “Agosto Lilás”, no plenário da Câmara de Vereadores, com forte presença de estudantes e representantes de entidades do município.

A semana foi iniciada com a articulação política e social em favor das atividades da campanha. Ainda no período da manhã de segunda-feira(7), a equipe da Secretaria da Mulher mobilizou os servidores do Paço Municipal, com a entrega de camisetas aos apoiadores, além de outros materiais educativos para o desenvolvimento das atividades. Ontem (terça-feira), a Secretaria Executiva visitou as rádios da cidade no intuito de divulgar as ações e conscientizar a população sobre o tema lançado na Câmara Municipal.

Na noite desta terça-feira, centenas de pessoas prestigiaram o lançamento da campanha “Agosto Lilás”, que foi aberto por uma reflexão do poeta Josenildo Ceará. Na intervenção artística, ‘Ceará’ chamou a atenção da indiferença e negligência da sociedade para com a violência doméstica, defendendo que as pessoas devem denunciar casos que submetem a mulher ao flagelo da agressão.

A mesa de autoridades contou com a participação do vice-prefeito Newton Luiz de Oliveira, da secretária executiva de Políticas Públicas para a Juventude Jozeli Chulli, da representante da Câmara no ato, a vereadora e primeira dama Joana Darc Bono Garcia, do promotor de Justiça Paulo Leonardo Faria, da defensora pública Tatiana Bronzato, da presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher Meise Silvestrin.

Concorrido, o ato contou com a participação do comandante do 8º Batalhão da Polícia Militar Tenente Coronel Henrique de Araújo Franco, da titular da Delegacia da Mulher Daniela de Oliveira Nunes, do delegado regional de Polícia Civil André Noveli, da presidente da OAB Nova Andradina Etiene Cintia Ferreira, do coordenador do curso de Direito da Uniesp Stênio Parron, da diretora do Centro de Atendimento à Mulher Lucinéia Rodrigues Medeiros, da presidente do Previna Edna Chulli, da coordenadora regional de Educação/MS Silvia Maria dos Santos e dos secretários municipais Fabio Zanata (Educação), Julliana Ortega (Assistência Social).

Atividades da Campanha

Na manhã de segunda-feira, as colaboradoras da campanha estiveram em Nova Casa Verde, no Posto da Polícia Rodoviária Federal da BR 267, Km 129 realizando uma blitz educativa sobre o tema da violência doméstica.

 

Já no período da tarde, o Gabinete do chefe do Executivo Municipal ficou pequeno para receber tamanho número de agentes e apoiadores ao “Agosto Lilás”, oficializado pelo prefeito Gilberto Garcia, que ainda assinou o documento que pôs em vigor o programa “Maria da Penha vai à Escola”; no ato, instituições tais como escolas públicas e privadas, Delegacia da Mulher, Departamento e Delegacia Regional de Polícia Civil, além do Corpo de Bombeiros, estiveram representadas para acompanhar as diretrizes do projeto já instituído em âmbito estadual por meio da Lei nº 4.969/2016, visando sensibilizar a sociedade sobre a violência doméstica e familiar e, também, divulgar a Lei Maria da Penha.

O prefeito Gilberto Garcia destacou a importância da campanha de conscientização e reforçou a necessidade de a sociedade contribuir de alguma maneira para conter o avanço dos índices de violência contra a mulher. “Qualquer tipo de violência deve ser combatida. É inaceitável que em pleno século 21 tenhamos que conviver com agressões que vão desde físicas às morais. Vamos incentivar a proteção, o diálogo, é claro, mas fundamentalmente, que em casos assim, que se faça a denúncia de atos assim”, disse Gilberto Garcia.

Nesta quarta, às 9h30, a Secretaria Executiva realiza a blitz educativa no semáforo em frente ao Museu Municipal. Em Nova Andradina, segundo Jozeli, a campanha será desenvolvida em todas as escolas da rede pública, municipal e estadual, tendo como alvo alunos do 6º ao 9º anos e do ensino médio. Ela explica que as atividades também serão voltadas às mulheres que vivem ou conviveram com o problema da violência, mas este ano o foco são os jovens e adolescentes. “Entendemos que é preciso trabalhar com a base, pois acreditamos que conscientizando meninos e meninas, no futuro teremos, certamente, uma diminuição no índice de violência contra a mulher”, defendeu Jozeli Chulli.

As atividades da campanha contarão com a colaboração e parceria de importantes entidades e instituições do Governo e da sociedade. A Uniesp, desde as coordenações de cursos aos estudantes, o Conselho Municipal da Mulher, a Promotoria de Justiça e Defensoria de Nova Andradina, a Ordem dos Advogados do Brasil e a Polícia Militar estão relacionadas dentre as organizações parceiras da campanha.

COGECOM

Rede Sociais