Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações
Cb image default
Divulgação

O tradicional jantar em comemoração ao Dia das Mães marcou a volta dos eventos sociais no Centro de Convivência do Idoso após 2 anos, devido à pandemia de Covid-19.

Realizado na noite desta quinta-feira (26), o evento contou com a presença do prefeito Gilberto Garcia, da primeira-dama Joana Darc, do deputado estadual Marçal Filho, presidente da Câmara, Leandro Fedossi e dos vereadores Alemão da Semente e Wilson Almeida e a secretária Julliana Ortega.

Também prestigiaram a noite festiva, os secretários Roberto Ginel (serviços públicos), Júlio Cesar Castro Marques (infraestrutura), Valter Valentin (planejamento) e Luís Eduardo de Paula Gonçalves (saúde), do coordenador do projeto Hermes Santos e inúmeras mães e pais componentes do Conviver.

Cb image default
Divulgação

Antes de iniciar os discursos protocolares das autoridades, o público foi presenteado com apresentações do Coral É Tempo de Ser Feliz, grupo de dança Fenix, apresentação de Albino Alberto e do professor PH, leitura de duas poesias por Silvio Nelson. Todas as atrações foram aplaudidas pela plateia, mas o momento de maior emoção da noite ficou por conta da homenagem que Valdelino Rodrigues fez a sua esposa Eurides dos Santos Silva, que começou a escrever a sua história de amor no Conviver, há 14 anos, num evento alusivo ao Dia das Mães.

Cb image default
Divulgação

Saudando a todos, em especial, as mamães pelo seu dia, o prefeito se referiu ao casal de idosos que tiveram suas vidas traçadas no projeto da terceira idade. Para ele, isso só prova que todos devem buscar sua felicidade, independente da idade.

“Estamos aqui para homenagear às mães, embora todos os dias devessem ser dedicados a elas. Contudo, esta data nos lembra que é preciso reverenciar quem nos deu a vida e nos oferece amor e dedicação eternos. Falando em amor, a gente fica feliz de saber que o projeto, além de proporcionar momentos especiais de descontração, alegria, de amizade, esporte e lazer, também une as pessoas. A vontade de viver e ser feliz não tem a ver com idade, sempre é tempo de cultivar o amor. Que Deus continue abençoando essa união e todas as mamães”, ressaltou Gilberto. 

Cb image default
Divulgação

Julliana Ortega lembrou que “a festa que realizamos para as mães do Projeto Conviver é sempre um ato de carinho para com todas e queremos parabenizá-las, desejando saúde e muita paz”, disse ela.

O jantar comemorativo reuniu cerca de 500 idosos, que ao final receberam um lindo par de chinelos às mamães participantes do projeto Conviver.