Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Município esteve representado por 32 mulheres, sob a coordenação da Secretaria Executiva de Políticas Públicas para Mulher, a convite do Sebrae/MS

Cb image default
Divulgação

Com a proposta de levar conhecimento para mulheres que empreendem ou desejam se tornar empreendedoras foi realizado no último sábado (21), a Caravana “Brasil pra Elas”.

A cidade de Nova Andradina esteve representada por 32 mulheres, sob a coordenação da Secretaria Executiva de Políticas Públicas para Mulher, a convite do Sebrae/MS, que oportunizou transporte, alimentação e cursos profissionalizantes a todas as participantes. A ação faz parte do Maio Mês da Mulher Trabalhadora, mês de empoderamento das mulheres. 

Cb image default
Divulgação

A capital de MS foi a primeira cidade do país a receber a iniciativa que é fruto do programa “Brasil pra Elas”, realizado pelo Governo Federal, em parceria com o Sebrae e instituições do Sistema S, com participação do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, além de contar com o apoio de governos estaduais e prefeituras.

Na caravana, as instituições parceiras trabalham em conjunto para proporcionar a geração de renda e impulsionar a retomada da economia. Mais de 1.500 participantes estiveram presentes na ação. Foram organizadas 43 caravanas que possibilitaram a vinda de mulheres de 25 municípios de Mato Grosso do Sul e de 18 bairros de Campo Grande.

A principal ideia foi possibilitar que as participantes deem o primeiro passo em direção à independência financeira, por meio do empreendedorismo, com inclusão financeira e tecnológica.

Cb image default
Divulgação

Capacitações para elas

A programação contou com, pelo menos, 16 palestras, oficinas e workshops, disponibilizados pelo Sebrae, Sesi, Senai, Senar e Senac. Um dos destaques do cronograma foi o Talk Show - Elas fazem História no MS, quando empreendedoras de municípios diferentes do Estado apresentaram para o público a trajetória que percorreram no empreendedorismo.

Além das capacitações nas mais diversas áreas, como dicas de maquiagem, técnicas básicas de design de sobrancelha, palestras sobre empreendedorismo, oficinas de derivados do leite, introdução a fabricação de produtos de panificação e costura criativa, as mulheres também tiveram a oportunidade de receber atendimento para formalização e alteração de empresas pelo Sebrae e acesso à crédito e abertura de conta pelo Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. Também foi promovido atendimento odontológico, recreação e contação de histórias para as crianças.

Mais informações pela Central de Relacionamento do Sebrae, pelo telefone 0800 570 0800.