Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

A seleção das famílias obedeceu a critérios técnicos e sociais adotados pelas equipes dos CRAS Durval Andrade Filho e Irman Ribeiro.

Cb image default
Divulgação

Cimento, areia e tijolos. Esses e outros itens de materiais de construção necessários para pequenos reparos em residências foram entregues nesta manhã de segunda-feira (27) pela Prefeitura de Nova Andradina às famílias em situação de vulnerabilidade e risco social.

A cerimônia foi realizada no auditório do Paço Municipal, com a presença do prefeito Gilberto Garcia, secretária de cidadania e assistência social, Julliana Caetano Ortega, vereadoras Gabriela Delgado, Cida do Zé Bugre, Márcia Lobo, vereadores João Dan, Wilson Almeida e Alemão da Semente, diretor presidente da Agehnova, Luciano Leal, presidente do Conselho da Mulher, Cleonice Faria, equipe do CRAS (Centro de Referência e Assistência Social), da Semcias (Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social), e famílias beneficiadas. 

Cb image default
Divulgação

Os recursos, no valor de R$ 157.360,00, são oriundos do Fundo Municipal de Habitação de Interesse Social (FMHIS), sendo destinado às famílias que estão em situação de pobreza ou, no caso, reconhecidas pelo poder público que passaram por situações como desabamentos, incêndios, enchentes, epidemias, entre outras anormalidades.

A seleção das famílias obedeceu a critérios técnicos e sociais adotados pelas equipes do Centro de Referência de Assistência Social – CRAS (unidades Durval Andrade Filho e Irman Ribeiro).

Celina Alves Ferreira é uma das beneficiárias pelo programa. A sua casa foi destruída por um incêndio no dia 31 de julho do ano passado, que atingiu todos os cômodos do imóvel. 

Cb image default
Divulgação

“A prefeitura me ajudou desde o início, quando minha casa pegou fogo. Agora, com esse material vou dar uma alavancada pra mim (sic), minha filha e minha netinha especial poder voltar a morar em casa. Agradeço o prefeito e toda equipe dele porque tá me ajudando muito e melhorando a vida de muita gente”, disse a moradora.

A dona Maria Adelma Paiva Lopes também demonstrou sua gratidão à administração municipal. “O pouco que a gente ganha, significa muito. Fico agradecida por toda ajuda que o prefeito e a assistência social têm feito por mim. Tenho que construir um quarto, porque tenho 3 filhos e 2 tem problema. Isso vai ajudar imensamente”, comentou. 

O acesso à moradia digna foi destacado pelo prefeito Gilberto Garcia durante a solenidade. “Ter uma casa segura, digna, confortável, é o que toda família merece. Esse projeto permite fazer pequenas reformas ou aumentar um cômodo. Isso é uma ajuda importante para muitas famílias em dificuldade financeira. Sabemos que a casa própria é o sonho de muitas famílias, por isso, vamos continuar trabalhando muito para construir mais e mais moradias”, assegurou.

A secretária Juliana Ortega disse que as equipes do CRAS e da Semcias estão otimizando os serviços burocráticos para que os materiais sejam entregues de forma rápida. “A aquisição dos materiais é feita através de licitações. Como os preços estão subindo muito, o processo acabou sofrendo atrasos. Agora, com tudo concluído, vamos agilizar a entrega às famílias”, relatou a titular da assistência social.

Nesta solenidade, 23 famílias foram contempladas. Posteriormente, o projeto atenderá mais 12 famílias, totalizando 35 famílias.