Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Equipe local do IBGE trabalha com déficit de 10 agentes censitários. Inscrições acontecem até às 17h de hoje, no Posto do Censo, na Alcides Menezes de Faria, 1216.

Cb image default
Divulgação

Agentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em visita à Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Nova Andradina na manhã desta sexta-feira (16), relataram dificuldades no trabalho de coleta de informações para o Censo 2022 no município.

Até o momento, a equipe que atua em Nova Andradina trabalha com déficit de 10 agentes censitários. Os interessados em ocupar uma das várias vagas disponíveis têm até hoje, sexta-feira (16) para se inscrever, preenchendo um formulário no Posto do Censo, localizado na Alcides Menezes de Faria, 1216.

Segundo os supervisores, o principal obstáculo para o êxito do Censo no município é a falta de agentes recenseadores. O quadro atual da cobertura do censo ao contingente populacional em Nova Andradina, considerando a estimativa atual de 56.057 habitantes, está bem abaixo da média, com menos de 20% da população recenseada, considerando que no país, esse índice já passa de 35%.

Desde 1º de agosto, quando os trabalhos nas casas começaram, muitos dos imóveis visitados não atenderam aos recenseadores, que estão identificados com coletes do IBGE e crachás. Já entre a população ouvida até o momento, há também moradores que se recusam a responder ao questionário.

A supervisora Jayne Lima, revela que já foi dispensada de lares que tentou visitar por falta de confiança do morador até por razões políticas, mesmo o órgão não tendo ligação com o partido ou instituto de pesquisa eleitoral.

"Já tive recusa por desconfiança do morador, por achar que o governo já sabia de tudo e que ele não precisava passar as informações e também por razões políticas, confundindo com cabo eleitoral. Infelizmente, tem muitas pessoas que não conhecem [o Censo] e não sabem da importância que ele tem", disse Jayne.