Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Com o tema “Uma só Terra”, campanha de educação ambiental é promovida pela Prefeitura, através da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Integrado em parceria com o Instituto Federal

Cb image default
Divulgação

As primeiras atividades em comemoração à Semana do Meio Ambiente, em Nova Andradina, tiveram início nesta quarta-feira (01/06), com a abertura oficial marcada por palestras on-line e presenciais realizadas no Centro de Convenções, sob a coordenação da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Integrado, Secretaria de Educação, Cultura e Esporte e Instituto Federal, parceiros nesta iniciativa.

Na ocasião, o secretário Hernandes ortiz aproveitou para destacar a importância das atividades de educação ambiental. “Não há mais espaço para se pensar em desenvolvimento sem sustentabilidade. Por isso, fazemos questão de incentivar as ações nesta semana especial. Reforço o pedido de que todos participem, temos que criar esse hábito positivo de cuidar do meio ambiente, pois isso fortalece todos os projetos que desenvolvemos o ano todo”, destacou.

Cb image default
Divulgação

O engajamento dos estudantes nos programas de reciclagem de lixo como Recicla Verdinho, as visitas ao aterro sanitário e outras iniciativas desenvolvidas no âmbito escolar, que unem educação e meio ambiente, foram citadas pela secretária de educação, Giuliana Masculi Pokrywiecki, em seu discurso. “Através desses projetos, as crianças conhecem os problemas ambientais e o que podem fazer para transformar a realidade, de forma a contribuir com conservação dos recursos naturais. De maneira prática, aprendem a reciclar os resíduos, a valorizar a agua e as árvores, preservar os rios, entre outros temas”, comentou a gestora da educação municipal.

As palestras da noite ilustraram exatamente essas realidades e os desafios que a sociedade tem para manter a qualidade de meio ambiente e, consequentemente, a sua qualidade de vida. Entre os temas abordados estão: “O potencial da agrofloresta como ferramenta de regenerar ambientes produzindo alimentos”; Sistemas Fluviais e Sociedade: como o ser humano altera a dinâmica dos rios?; “Resíduos perigosos: o que fazer?” e a “Cultura, Economia de Subsistência e Etnossustentabilidade: realidades e desafios dos Terena na contemporaneidade”.

Cb image default
Divulgação

O evento contou ainda com a presença das vereadoras Cida do Zé Bugre e Márcia Lobo, secretário Roberto Ginel (serviços públicos), palestrantes, professores da IFMS, representantes de instituições e empresas apoiadoras da campanha de educação ambiental do Rotary Clube Centenário, Transresíduos, Cocamar, Viposa, BSY Consultoria Ambiental, universitários do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul Campus Nova Andradina, Polícia Militar, promotoria de justiça ambiental, Acina e servidores municipais de diversos setores.

Palestras realizadas

1. Professor Doutor Mario Ney Rodrigues Salvador

Professor do Instituto Federal do Mato Grosso do Sul - Campus Coxim

Graduação em Administração (UCDB – Universidade Católica Dom Bosco)

Mestrado e Doutorado em Ciências Sociais (UFRRJ – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro)

Título da palestra: Cultura, Economia de Subsistência e Etnossustentabilidade: realidades e desafios dos Terena na contemporaneidade.

2. Engenheiro Agrônomo Andrei Pereira Oliveira

Consultor técnico em sistemas agroflorestais - Agrosintropia Soluções Agrícolas e Ecológicas

Graduação em Engenharia Agronômica (UFMT – Universidade Federal do Mato Grosso)

-Mestrado (em andamento) em Agricultura Orgânica - (UFRRJ – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro)

Título da palestra: O Potencial da Agrofloresta como ferramenta de regenerar ambientes produzindo alimentos

3. Professor Mestre Rafael Bartimann de Almeida

Professor de Geografia na Secretaria Municipal de Educação de Campo Grande, atuando com formação de professores e currículo.

Licenciatura em Geografia (UFMS- Universidade Federal de Mato Grosso do Sul)

Mestrado e doutorado (em andamento) em Geografia, (UFMS- Universidade Federal de Mato Grosso do Sul)

Título da palestra: Sistemas Fluviais e Sociedade: como o ser humano altera a dinâmica dos rios?

4. Engenheiro ambiental e sanitarista Rafael Suguita Yasunaka

Proprietário da BSY Ambiental

Título da palestra: Resíduos perigosos: o que fazer?