Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

BSY Resíduos foi a responsável pelo transporte dos materiais coletados até a Associação Recic.LE, de Campo Grande, onde terão destinação correta

Cb image default
Divulgação

A Prefeitura de Nova Andradina, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Integrado, realizou mais uma edição da coleta de lixo eletroeletrônico, na Praça Brasil. Foram recebidos diversos materiais, totalizando mais de 3 toneladas.

Graças à parceria feita com a BSY Resíduos, os materiais foram transportados num caminhão de coleta especializado e licenciado para resíduos perigosos até a Associação Recic.LE, localizada em Campo Grande, onde terão a destinação correta. 

Cb image default
Divulgação

Nessa edição foram recolhidos televisores, computadores, impressoras, telefones celulares, aparelhos de som, geladeiras, freezers e ar condicionado, entre outros. O secretário Hernandes Ortiz, disse que o lixo eletroeletrônico, além de ocupar espaço nas residências, possui componentes contaminantes que degradam o solo e água, causando sérios problemas ao meio ambiente.

“Nesses aparelhos você encontra todo tipo de veneno possível que nós temos que evitar que vá para a natureza. 70% do envenenamento que existe nos aterros sanitários é proveniente de metais pesados de eletroeletrônicos”, salientou, agradecendo aos proprietários da BSY Resíduos pelo transporte dos eletrônicos descartados pela população.

Cb image default
Divulgação

Para o proprietário da empresa parceira do município nesta iniciativa, Rafael Suguita Yasunaka, a vida é rodeada por aparelhos eletrônicos que um dia, perdem a vida útil. Saber como e onde descartar corretamente esses aparelhos é tão importante quanto adquirir novos.

“Ficamos muito felizes por participarmos de uma campanha tão importante, promovendo a saúde pública, a preservação e, principalmente, a educação ambiental e contribuindo, dessa forma, para inserir ainda mais nossa Nova Andradina nos moldes do Desenvolvimento Sustentável”, encerrou Rafael.