Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

“Por determinação do prefeito Gilberto Garcia, nossa meta é realizar uma gestão mais próxima dos anseios dos pequenos produtores”, disse Hernandes Ortiz

Cb image default
João Cláudio

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Integrado (Semdi) potencializa a produção rural a partir do incentivo ao pequeno produtor, especialmente aos assentados da reforma agrária no município de Nova Andradina.

A melhoria da qualidade de vida das famílias que residem e produzem no campo é a primeira das preocupações das ações do secretário Hernandes Ortiz, que por determinação do prefeito Gilberto Garcia, realiza uma gestão mais próxima da vida cotidiana dos pequenos produtores com a participação efetiva e engajada de cada membro colaborador da Semdi.

Cb image default
João Cláudio

Reuniões ampliadas, apoio às associações, incentivo ao cooperativismo, atendimentos especializados, assistência técnica, diálogo permanente com o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural, oferta de diversos cursos profissionalizantes, dentre outras ações de apoio ao homem e mulher do campo, têm sido a tônica do novo conceito adotado pela Semdi nos últimos 20 meses, mudança já sentida e aprovada pela população do campo.

A preocupação em levar água encanada para suprir as necessidades básicas e pequenas demandas do assentamento, ação articulada com apoio político junto à Funasa, a luta incansável para destravar documentações necessárias para oferecer ao pequeno produtor maior autonomia jurídica e acesso ao Pronaf junto ao Incra, como o fornecimento de CCUs (Contratos de Concessão de Uso) e DAPs (Declarações de Aptidão ao Pronaf), são algumas ações decisivas ao processo de modernização a partir do financiamento de insumos e equipamentos à unidade rural de produção, fortalecendo especialmente, a bacia leiteira do município.

Cb image default
João Cláudio

Nos últimos dias, o secretário Hernandes Ortiz tem realizado reuniões com as famílias camponesas, especialmente nos assentamentos Teijin e Santa Olga. Na última semana, com o apoio técnico de servidores da prefeitura de Nova Andradina, a Semdi, em parceria com a Energisa, realizou o cadastramento de centenas de famílias que ainda não contam com o fornecimento de energia elétrica em seus lotes rurais.

O objetivo desta ação governamental é atender a 100% das famílias com energia elétrica, incluindo as famílias assentadas em área de reserva ambiental, impedidas de receber esse serviço por conta da falta de regularização ambiental, impasse que a administração municipal e a Energisa estão solucionando junto ao Incra e órgãos de fiscalização e controle, tanto da esfera de governo, quanto do Ministério Público Federal. 

Cb image default
João Cláudio

Dando prosseguimento às ações institucionais, na última terça-feira (4), no salão da comunidade católica do assentamento Santa Olga, com o apoio de associações e da CoopaOlga, a Semdi reuniu quase cem pessoas para debater encaminhamentos para solucionar o fracionamento da área societária, modelo muito contestado pelos assentados, que se mostrou inviável para o desenvolvimento da produção, comprometendo a renda das famílias.