Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

A ação educativa foi realizada neste fim de semana, nas adjacências da fazenda Baile e da reserva ambiental ao lado do Cemitério Municipal

Cb image default
Divulgação

Na última sexta-feira (26), nas proximidades do Cemitério Municipal, o secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Integrado, Hernandes Ortiz, realizou uma blitz educativa, com o objetivo de orientar os munícipes quanto à destinação e descarte de resíduos de construção civil, jardinagens, dentre outros inservíveis.

As adjacências da fazenda Baile e a reserva ambiental ao lado do Cemitério Municipal, conforme denúncias de populares, são os locais de maiores registros de infrações ambientais, situação que motivou Hernandes Ortiz a verificar tais práticas in loco. “Entendemos que a falta de conscientização pode ser também um problema da nossa comunicação com os munícipes. Por isso, estivemos no local e, de fato, ali encontramos várias pessoas, em seus veículos, buscando acesso da propriedade ou da matinha, para despejar entulhos de diversas naturezas, quando aproveitamos e orientamos que o fizessem no aterro da construção civil”, explicou Ortiz.

Cb image default
Divulgação

O Aterro da Construção Civil, localizado na Rua Antonio Duarte, esquina com a Pastor Júlio de Alencar, no Bairro Campo Verde, é mantido pela Prefeitura de Nova Andradina. O espaço recebeu melhorias no ano passado, com novo cercado, instalação de placas indicativas e a colocação de um portão de controle de entrada e saída de veículos. No local, servidores públicos municipais recebem os resíduos e cuidam para que sejam depositados separadamente. De um lado são armazenados os galhos de árvores, grama, destinados por empresas de jardinagem e pelos próprios munícipes.

A entrega pode ser feita diariamente, inclusive aos finais de semana e feriados por meio de caçambas ou demais veículos, seguindo a seguinte programação de atendimento: de segunda a sábado, das 7h às 18h e aos domingos, das 7 às 15 horas. O que pode ser descartado no Aterro: materiais como resíduos de construção civil (tijolo, concreto, argamassa, telhas e outros) e Podas de galhos, folhas e outros materiais provenientes de limpeza de jardim.