Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Após conclusão da drenagem e pavimentação de 1,2 km da Rua Antonio Duarte, Prefeitura inicia construção de bacia de contenção para acabar com erosão na região

Cb image default
Focco Vídeo

Já estão em fase de conclusão as obras de drenagem e pavimentação da rua Antonio Duarte, num trecho de 1,2 km de extensão, que vai do Cemitério até a praça situada no bairro Argemiro Ortega.

A comunidade esperava há mais de 40 anos pelo asfalto e muitos já estavam descrentes de que a obra deixaria de ficar apenas no discurso e nas promessas eleitoreiras.

Isso é notório porque enquanto as máquinas trabalhavam no local, um morador que acompanhava os serviços desabafou: “São tantos anos de espera, seguidos anúncios e paralisações da obra, que não estava acreditando muito que desta vez o serviço seria feito. Agora, a gente vai ganhar em qualidade de vida e valorização dos imóveis”, justificou. 

Cb image default
João Cláudio 

Em publicação no facebook oficial da Prefeitura, em que se anuncia a conclusão das 2 etapas de serviços até a entrega de 100% do trecho de pavimentação neste mês, vários moradores se manifestaram nas redes sociais, em agradecimento a administração municipal.

“Que bom, só quem mora nessa rua sabe o sofrimento que era ...quando era tempo seco era muita poeira, tempo de chuva era lama e buracos.. o único prefeito que falou e cumpriu com a promessa. Obrigada”, comentou Aldivania Casas.

O mesmo otimismo é demonstrado por Marcio Nascimento Silva. “Nosso prefeito cumprindo sempre o que nos prometeu na campanha”, ressaltou.

Todas as obras executadas custaram cerca de R$ 2 milhões. São recursos de emendas parlamentares do ex-senador Waldemir Moka, financiamento do PAC e Ministério das Cidades, e contrapartida de R# 350 mil em recursos próprios do governo municipal

Cb image default
João Cláudio

Mais investimentos

E a comunidade vai ter mais um motivo para comemorar, porque a Prefeitura de Nova Andradina já iniciou as obras de implantação de um sistema de contenção de águas pluviais para resolver outro grande passivo ambiental: a erosão existente na área da Fazenda Baile, que no passado obrigou famílias desta região a deixarem suas moradias.

Para resolver este problema, o prefeito Gilberto Garcia conseguiu recursos junto à Defesa Civil da ordem de R$ 400 mil. O projeto engloba a construção de bacias de detenção, dissipador, tubulação e aterro. 

Cb image default
João Cláudio

Segundo o prefeito, essa obra de infraestrutura é fundamental para evitar o avanço da erosão, preservar a estação de tratamento de esgoto e dar uma destinação correta ás águas das chuvas.

“A maioria dos governos se preocupa apenas em fazer asfalto. Este tipo de intervenção estrutural fica em baixo da terra e tem um custo elevado. Mas, tivemos coragem e vontade política para buscar soluções e recursos para acabar de vez com este problema ambiental, que já causou sofrimento de muitas famílias”, destacou Gilberto Garcia.

O término deste projeto de recuperação ambiental possibilitará a continuidade das obras de pavimentação da rua Gracindo Abílio, realizada pelo governo do estado, através da Agesul, e rua Manoel Soares.