Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Em construção no Bela Vista II, cada residência conta com sala-cozinha, quarto, banheiro e varanda. O condomínio é exclusivo para pessoas idosas.

Cb image default
foto: Bruno Seleguim

Assim como acontece em todo país, o aumento no número de idosos em Nova Andradina é uma realidade e significa que a expectativa de vida cresceu. Mas é preciso se preparar para atender a este público com necessidades próprias e muita experiência de vida.

Demonstrando sua preocupação com à terceira idade, o governo municipal oferece inúmeros benefícios, que possibilitam um envelhecimento com ótima qualidade de vida, saúde e, principalmente, dignidade.

A iniciativa mais recente, criada pelo prefeito Gilberto Garcia, é a oferta de moradias especialmente voltadas a essas pessoas. O programa habitacional foi intitulado de Condomínio do Idoso. Trata-se de uma área residencial situada no Jardim Bela Vista II, onde estão sendo construídos 10 blocos com um total de 20 moradias para atender pessoas com 60 anos ou mais.

Cb image default
foto: Bruno Seleguim

As obras de construção dos imóveis começaram no final do primeiro semestre deste ano e seguem avançadas. Em cada bloco, lado a lado (geminada), estão erguidas duas unidades habitacionais, com área total de 61,81m². Cada residência (30,91m²) conta com sala-cozinha, quarto, banheiro e varanda.

A primeira etapa do empreendimento, que engloba a construção das 20 unidades, está 65% concluída, sendo que a previsão de entrega é para o primeiro semestre de 2019. No momento, estão sendo executadas as instalações do revestimento da parede dos sanitários e a cobertura do telhado, com serviços de carpintaria e colocação de telhas.

No local também está previsto a construção de uma área de convivência e lazer, academia de saúde, quiosques e outros equipamentos esportivos para uso exclusivo dos idosos. Porém, isso deve começar a ser feito após a entrega das moradias aos futuros moradores. 

Cb image default
foto: Bruno Seleguim

Essas melhorias fazem parte da segunda etapa de construção do empreendimento. Primeiro, serão realizadas a seleção dos idosos, sorteio e entrega oficial das casas aos contemplados. O projeto será executado por etapas, com recursos do município e a parceria da Caixa Econômica Federal.

O valor total do investimento é de R$ 577.822,83. A principal diferença entre o Condomínio do Idoso e os demais programas habitacionais é que o município apenas transfere o usufruto do imóvel ao idoso selecionado. Caberá a Agehova elaborar um termo de referência definindo quais os critérios para disponibilizar as 20 unidades à população idosa.