Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

A obra será executada com recursos próprios da Prefeitura no valor de R$ 662.985,92.

Cb image default
João Cláudio

O prefeito Gilberto Garcia, assinou a ordem de serviço para a recuperação de pavimentação asfáltica na pista de taxiamento e pátio de estacionamento no Aeródromo Municipal, uma obra considerada fundamental para o desenvolvimento de Nova Andradina.

Cb image default
João Cláudio

A solenidade para a assinatura do documento foi realizada nesta terça-feira (4), no auditório da Prefeitura Municipal e contou com a presença dos secretários Roberto Ginel (serviços públicos), Júlio Cesar Castro Marques (infraestrutura), presidente da Câmara, Amarelinho, vereadora Joana Darc Bono Garcia, vereadores Ricardo Lima e João Dan.

Cb image default
João Cláudio

Também prestigiaram a cerimônia os proprietários da empresa contratada, os pilotos comerciais de aeronaves João Paulo de Oliveira Pires e Max Benites Pina, ex-prefeito Luiz Ortega, representantes da OAB e empresários locais de diversos setores.

A obra será executada com recursos próprios da Prefeitura no valor de R$ 662.985,92. A empresa vencedora da licitação é a JR Obras Serviços e Construções Eireli. 

Cb image default
João Cláudio

De acordo com o secretário de infraestrutura, a meta é fazer melhorias no acesso, limpeza em torno da área do aeródromo, recuperar e sinalizar a pista para pousos e decolagens em até 120 dias.

“A construção do aeródromo começou com o ex-prefeito Luiz Ortega, há 22 anos, avançou no primeiro mandato do prefeito Gilberto (2011) e, desde o primeiro dia deste novo mandato (2017) estamos trabalhando para concluir a pista dentro das normas regidas pela ANAC. A empresa já está mobilizada para dar início às obras. Este ato é, sem dúvidas, um marco importante para o futuro da cidade”, informa Júlio Cesar. 

Cb image default
João Cláudio

Durante a cerimônia, Gilberto destacou a importância deste modal de transporte para Nova Andradina, detentora do 8º maior PIB (Produto Interno Bruto) de MS e considerada a nova fronteira agrícola, situada no eixo das regiões mais ricas do Brasil – sul, sudeste e centro-oeste.

Para ele, o funcionamento do aeroporto é estratégico para alavancar o setor produtivo na região, gerar receita e novos empregos, fortalecer o turismo de negócios e trazer mais investimentos.

“Hoje, indústrias e grandes empreendimentos necessitam de condições estruturais, rapidez no deslocamento de pequenas e grandes distâncias. O transporte aéreo é um indutor do crescimento, um diferencial para o município. O próximo passo será a licitação para a construção de hangares. Em 5 anos, vejo Nova Andradina com 20 aeronaves estacionadas, uma escola de pilotagem e um aeroporto com vida própria”, projeta o prefeito Gilberto Garcia, assegurando que a conclusão das obras até o mês de junho.

“Vamos até Brasília com toda a documentação para homologar a pista e, enfim, colocá-la em operação. É Nova Andradina saindo na frente, decolando para um futuro mais próspero”, encerrou o prefeito. 

Cb image default
João Cláudio

Ao final, todas as autoridades foram convidadas a posar para uma foto. De fato, o registro de mais uma importante página da história da Capital do Vale do Ivinhema.

Infraestrutura atual do aeródromo municipal

A pista do aeroporto de Nova Andradina possui 1.320 metros, por 30 metros de largura e com área de escape nas cabeceiras da pista de 40 metros. A área total é de 12 alqueires e está localizada às margens da rodovia MS-134, que liga Nova Andradina ao distrito de Nova Casa Verde, há cerca de 5km do centro da cidade.

O aeródromo municipal colocará o município nas mesmas condições de municípios como Três Lagoas e Dourados, no que diz respeito à logística de aviação, como medida para atrair novos investidores.