Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Todas as ESFs vão realizar ações de educação voltadas ao tema da amamentação, e também na Oficina dos Sonhos, espaço específico de atendimento às gestantes.

Cb image default
Divulgação

Essencial para a sobrevivência, a nutrição e o desenvolvimento nos primeiros meses de vida e no início da infância, o leite materno é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como o “alimento de ouro” para os bebês, por isso, o Agosto Dourado, marca a campanha mundial de incentivo ao aleitamento materno, para conscientizar a população sobre a importância da amamentação.

O município de Nova Andradina, através da Secretaria Municipal de Saúde, aderiu à campanha nacional cujo tema deste ano é “apoiar a amamentação é cuidar do futuro”. Dessa forma, todas as unidades de Saúde da Família (ESFs) vão realizar ações de educação voltadas ao tema da amamentação, e também na Oficina dos Sonhos, espaço específico de atendimento às gestantes.

Conforme explica a enfermeira responsável pelo trabalho de prevenção à saúde da mulher e do bebê na rede municipal de saúde, de forma contínua e constante os profissionais já trabalham esse tema no pré-natal com as gestantes e sua família, bem como após o parto nos hospitais, os profissionais também trabalham no incentivo, apoio e orientações à amamentação.

“Neste mês, vamos intensificar o trabalho para fortalecer o aleitamento materno exclusivo até os seis meses de vida da criança e sua continuidade até os dois anos ou mais, além dar suporte a mulheres e redes de apoio quanto a amamentação segura e seus benefícios”, informa a enfermeira Ingrid Bumbieris Travaim.

Cb image default
Divulgação

O aleitamento materno é a melhor fonte de nutrição infantil, protege as crianças de doenças como diarreia, infecções respiratórias e alergias, além disso, reduz o risco de a criança desenvolver sobrepeso e obesidade na vida adulta. A recomendação é que as crianças sejam amamentadas até os dois anos de vida e de forma exclusiva até o 6º mês de vida.

A primeira dama Joana Darc Bono Garcia, que é madrinha do Programa Bem Nascer em Nova Andradina, cuja finalidade é reduzir a mortalidade materno-infantil, confirmou que irá visitar as unidades de saúde durante todo este mês para conversar diretamente com as gestantes sobre a importância da amamentação.

“Com o apoio de um folder bem explicativo, vamos com a equipe de saúde levar informação sobre amamentação e, com isso, contribui para a saúde e bem-estar das futuras mamães e dos bebês”, informa Joana Darc.

De acordo com o Estudo Nacional de Alimentação e Nutrição Infantil (Enani), níveis ideais de amamentação poderiam prevenir mais de 820 mil mortes de crianças menores de cinco anos por ano no mundo e evitar 20 mil mortes de mulheres por câncer de mama devido a diminuição do nível de estrogênio no organismo durante o período de aleitamento.