Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Equipamentos foram entregues pela diretoria executiva do Codevale e Secretário de Saúde do Estado, Geraldo Resende, nas mãos do secretário Sérgio Maximiano

Cb image default
Divulgação

Nova Andradina foi contemplada com mais 6 respiradores para atender pacientes hospitalizados em tratamento da Covid-19. No total, 27 respiradores desenvolvidos pela USP (Universidade São Paulo) e produzidos pela Marinha foram entregues ao Codevale (Consórcio de Desenvolvimento do Vale do Ivinhema).

A entrega dos equipamentos foi oficializada na última sexta-feira (2) em cerimônia realizada na Secretaria de Estado de Saúde, em Campo Grande, com a presença do secretário estadual Geraldo Resende, secretário municipal de saúde, Sérgio Maximiano, secretário adjunto de infraestrutura, Pedro Arlei Caravina, secretário de finanças municipal, Emerson Nantes e do procurador geral do município de Nova Andradina, Jailson Pfeifer.

A solicitação dos respiradores foi feita por Victor Borges, Lucio Costa e Danielle Cabriotti, presidente da Rede Nacional de Consórcios Públicos (RNCP), presidente e diretora executiva do Codevale, respectivamente. 

Cb image default
Divulgação

Todas as equipes de saúde dos hospitais atendidos pelo Consórcio serão contempladas. O presidente do RNCP, Victor Borges, ressaltou a importância dos consórcios públicos na área da Saúde, como instrumentos de cooperação e apoio à gestão descentralizada e agradeceu a todos os envolvidos.

"Somos gratos a Universidade de São Paulo, professores Raul Gonzalez, Dariu Gramorelli, Marcelo Zuffo. Cumprimentamos a dedicação do Lúcio Costa e da Daniele, que nos fizeram essa solicitação, a qual ficamos honrados em cooperar. Viva a força dos consórcios", disse Victor.

O secretário Sérgio Maximiano destacou que a ventilação mecânica é fundamental no tratamento dos casos mais graves de infecção pelo novo coronavírus, quando os pacientes apresentam dificuldades respiratórias. Em virtude disso, esses equipamentos ainda são muito necessários nas UTIs dos hospitais.

“Nova Andradina reconhece os esforços do consórcio na resolução de problemas comuns na nossa região, tanto na compra de respiradores como também de medicamentos. A pandemia nos impõe vários desafios e, de maneira conjunta, estamos conseguindo superar as dificuldades”, pontuou o gestor de saúde do município, agradecendo a todas as instituições parceiras nessa iniciativa.

Os equipamentos serão utilizados no Hospital Regional e UTIs móveis (ambulância UTI) do município.