Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Ocorrências aumentam nos meses mais quentes do ano.

Cb image default
Divulgação

A Secretaria Municipal de Saúde de Nova Andradina alerta a população sobre os riscos de acidentes com escorpiões em residências e outras localidades.

O alerta é do secretário Sérgio Maximiano, uma vez que este tipo de ocorrência é mais frequente nos meses em que predomina a alta temperatura (entre os meses de dezembro e março), e período que coincide com férias escolares e com mais presença de pessoas em chácaras, sítios, fazendas, trilhas, etc.

Nesta segunda-feira (20), o titular da saúde e os profissionais do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), gerente Joelma Correia e o biólogo, Jhoy Leite realizaram visitas a imóveis do município e deram orientações aos moradores do bairro Durval Andrade Filho, já que algumas espécies de escorpiões foram encontradas recentemente. 

Cb image default
Divulgação

A referência em atendimento para este tipo de acidente é o Hospital Regional de Nova Andradina. “A orientação é para que a vítima seja encaminhada para atendimento médico o mais rápido possível e, havendo possibilidade, que o animal também seja levado em vidro com tampa, mas claro, desde que haja segurança para fazer esta captura. Jamais tente pegar com as mãos desprotegidas. O ideal é usar uma pinça grande ou outro objeto que bloqueie o contato direto com o animal”, informa Sérgio Maximiano.

Os profissionais do CCZ reforçam a importância de manter os imóveis limpos e organizados, livres principalmente de entulhos de madeiras, telhas, tijolos, materiais de construção.

É importante manter o controle de baratas e outros pequenos insetos que servem de alimento aos escorpiões. Além das medidas já citadas, é importante manter os ralos com sistema de fechamento e vistoriar ambientes e objetos ao calçar, sentar, deitar, andar, principalmente em imóveis que já teve aparição deste reduzirá o risco de acidente.

Ao capturar escorpião, o cidadão poderá entrar em contato com a equipe do CCZ pelo número 3441-1250 (ramal 5214) para solicitar a identificação. O escorpião poderá ser conservado para identificação em frasco com álcool.