Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações
Cb image default
Assent. Angico, peroba 

A chuva deu trégua há alguns dias e o Governo Municipal de Nova Andradina, através da Semusp (Secretaria Municipal de Serviços Públicos, acelerou os serviços de manutenção e recuperação das estradas rurais danificadas.

Segundo o titular da pasta, Roberto Ginel há um grande número de chamados de produtores rurais por causa de buracos provocados pelas chuvas que castigam a cidade nos últimos dois meses. A determinação do prefeito Gilberto Garcia é para centralizar os esforços nas áreas rurais.

Cb image default
Assent. Angico, peroba

São várias frentes de trabalho atuando simultaneamente nos bairros São Rafael, Angico, Peroba, travessas, entre outros locais onde foram identificados mais de 15 pontos críticos e, alguns com necessidade de interdição.

"Temos inúmeros relatos de problemas nas estradas. Garantimos que todos serão atendidos mas precisamos de tempo para que possamos fazer um serviço satisfatório", disse Ginel.

Nessas localidades estão sendo realizados serviços de patrolamento nas estradas principais e secundárias, construção de saída de água, transporte de 500 metros cúbicos de entulho, recuperação e construção de novos camaleões, aterro de mais de 4.000 metros cúbicos de terra e pontos críticos das estradas. 

Cb image default
Bairro São Rafael 

Na análise do titular da Semusp, a situação das estradas foi agravada em alguns pontos porque algumas propriedades rurais não teriam feito corretamente as curvas de nível em áreas de plantio e de pasto extenso.

“Já visitamos alguns proprietários ou arrendatários dessas terras, solicitando a tomada de providências urgentes e, ao mesmo tempo, fizemos o contato com a Polícia Militar Ambiental para que possam orientá-los quanto ao cumprimento da legislação vigente”, reitera.

Além desses bairros citados, já foram recuperados trechos da estrada da Fazenda Silvana. A equipe de Nova Casa Verde também atendeu vários pontos críticos, sendo 3 frentes de serviços com equipamentos, além de outra equipe executando as obras de aterro da represa localizada no Assentamento Angico.

Na área urbana, outra frente de trabalho da Semusp realiza a operação tapa-buraco.